Domingo, 21 de Setembro de 2008

«Recordemos esta Folia...

... e o melhor que nela fomos!»

 

 

Folia - Tu és Isso foi um espectáculo levado a cabo pelo Teatro Tapafuros entre 3 de Julho e 14 de Setembro na Quinta da Reggaleira em Sintra.

 

Alguns membros do Teatro Reticências participaram neste espectáculo como figurantes e actores.

 

Video: Catarina Trindade

 


reticências preenchidas por teatroreticencias às 14:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

Para Todo-mundo, ninguém

«... Que a Folia se prolongue nas nossas vidas (...) e recordemos, recordemos o melhor que nela fomos...»

 
 
Tenho a dizer que estou profundamente grata a tudo e a todos, a este verão e a estes artistas, por me terem dado os melhores momentos da minha vida.
Cada ínfima coisa, seja um objecto (uuhh, figurinos), uma musica, olhares, sorrisos, abraços, uns quantos infinitos “HAJA FOLIA”, um grito abafado e alto a ordenar “Coros!!”, um rufar de tambores, soar de gaitas, um aquecimento, um arrepio, uma dança, um apertar de mãos e por fim um agradecimento; teve, tem e sempre terá o seu encanto e valor dentro dos corações foliões.
Escrevo isto porque é a maneira mais explícita e que, mais correctamente, expressa aquilo que sinto, e o que sinto e escrevo é que vos adoro a todos, como se fossem partes de mim, pois com vocês brinquei, corri, ri (muito), dancei, cantei, fui assustada e de seguida gritei, aprendi (aprendi tanto, acho que me moldou ou renovou como pessoa), e como diz o Sr. João Rafael, fiz a minha profunda introspecção. E isto tudo na nossa verdadeira mansão filosófica, a Regaleira, onde o real e o imaginário se tornaram lindos, vastos e mágicos, tal qual como todas as emoções e interpretações dos actores foram permitidas a penetrar nos nossos olhos, ouvidos e mente.
Para além disto tudo, foi um verão cansativo e quantas vezes nos faltou ora disposição ora saúde... Vi muita gente preocupada, chateada, stressada e também triste! Mas o espectáculo continuou e nada nos deitou abaixo (só mesmo a chuva), nem mesmo quadros que vão abaixo, colunas roubadas ou leitores avariados ou quase avariados.
Continuamos e chegamos ao fim do Domingo de Pentecostes, não teria acabado tão bem sem o Sr. Paulo Borges, o autor destas palavras mágicas, o Rui Mário, nosso mentor e o grande visionário do espectáculo, a Produção, grande organizadora e possivelmente a mais responsável do bom decorrer do espectáculo, os actores, os nossos amados heróis desta noite de mistério, os músicos, que nos motivaram e nos deliciaram com os magníficos sons das gaitas e dos tambores, e aos voluntários, agora falo na 1º pessoa do plural, nós que limpamos tantas canecas, jarros, pratos de azeitonas, pusemos mesas, embrulhamos pão, acendemos velas, descemos línguas de fogo, enchemos coros; Nautas, Ninfas, que demos as boas vindas às restantes almas à Ilha dos Amores e ao Quinto Império, primeiro e ultimo, o eterno... Mostramos a “todo-mundo”, “ninguém” as divindades que éramos, perdão, as divindades que somos!!
A Ilha dos Amores... nela permanecerei no mais fundo suspiro, pensamento, e lá amarei, recordarei, brincarei e me encantarei com a lembrança dos vossos/nossos risos, sempre que precisar de um refúgio.
 
Mais uma vez, um grande Obrigada.
 
“FOLIA NOS ILUMINA...”
(digamos o resto em conjunto, em coro, em um...)




Bárbara Carlos
 


reticências preenchidas por blogsdecomunidade às 22:20

editado por teatroreticencias em 05/10/2008 às 17:46
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Folia - Tu És Isso

Este ano, numa remontagem de Folia, pelo Teatro Tapafuros, participam membros do Teatro Reticências como actores/figurantes. Aqui ficam todas as informações

 

 
 a Fundação Cultursintra
apresenta:
 
Folia
Tu és isso
 
Pelo Teatro TapaFuros
Texto: Paulo Borges
Encenação: Rui Mário
 
Quinta da Regaleira - Sintra
A partir de 3 de Julho
5ª a Sáb.: 22h || Dom.: 20h
 
 
 
espectáculo ao ar livre de caracter volante
aconselha-se agasalho e calçado confortável
espectáculo aconselhado para maiores de 12 anos
 
«A Folia convida-te. Mas tens de estar preparado para te veres ao espelho, sabendo que ele não existe. Tens de estar preparado para veres, intimamente e sem anestesia, aquilo que te desconheces ou pretendes acima de tudo ocultar. Dos outros e, sobretudo, de ti próprio. Tens de estar pronto para visitares todas as mais recônditas possibilidades da vida, da morte e do que há para além de vida e morte. As tuas mais fundas possibilidades, o que és para além de ti mesmo. Tens de estar pronto para te despires. De tudo e de ti próprio.» Paulo Borges
 
 
O Teatro TapaFuros, companhia profissional de teatro com quase 18 anos de actividade, é uma companhia sedeada no concelho de Sintra. Ao longo da sua actividade tem se dedicado a abordar os mais variados públicos – infanto-juvenis, adultos, indo ao encontro deste na sala ou em espaços exteriores. É esta característica – o trabalho no exterior, fora dos espaços convencionais, adaptando textos e encenações à rua – que mais impulsionou o crescimento do colectivo.
 
Em 2007, em parceria com a Fundação CulturSintra, apresentámos nos Jardins da Quinta da Regaleira, o espectáculo Folia a partir do texto de Paulo Borges. Este espectáculo tinha como premissa uma experiência em que o público tomasse parte activa do desenrolar da acção. Assim se construiu um espectáculo que dificilmente se poderia rotular. Esta experiência, completamente itinerante nos Jardins, era súmula das mais variadas participações: actores/performers, música original/arranjos tocados ao vivo, vídeo, instalações, o público era convidado a partilhar uma ceia simbólica, convidado a dançar... Folia era um espectáculo no sentido mais lato do termo, era algo assumidamente transdisciplinar.
 
Folia! Parte do ancestral e riquíssimo universo dos rituais do Espírito Santo, interligados com o Pentecostes... É um ritual muito particular: a inversão de valores exprimida através da coroação do imperador – uma criança (e, em tempos idos, de um preso ou um louco); o bodo oferecido a todos, que comem sentados lado-a-lado; enfim um apelo à fraternidade entre os seres humanos, uma transgressão dos valores supostamente imutáveis – no fundo, a ideia de uma nova ordem, o ritual para uma nova era;      
 
Apesar do sucesso alcançado por Folia, cremos que esta proposta não se esgotou. A temática é tão abrangente, e tão consonante com o simbolismo presente na própria Quinta da Regaleira, que julgamos pertinente uma revisita a este texto. Em 2008, novamente com a parceria da Fundação CulturSintra e apoio da Câmara Municipal de Sintra, com uma aposta no aumento do elenco, na sua renovação e uma nova parceria na área da cenografia, pretendemos criar esta nova Folia para que atraia novos públicos e surpreenda quem a revisita. É nossa vontade realizar um espectáculo de grande impacto estético e de forte intervenção com o público assistente. Este será, aliás, convocado para operar o discorrer e acção do próprio espectáculo, participando como personagem activo!
 
 
Texto: Paulo Borges; Encenação/Direcção Artística: Rui Mário; Dramaturgia: Paulo Borges, Teatro TapaFuros; Direcção Musical/ Arranjos: Pedro Hilário; Direcção de Actores: Samuel Saraiva; Cenografia/ Adereços: Carlos Ramos; Vídeo: Samuel Saraiva; Desenho de Luz: José Miguel Antunes, Mário Trigo; Design / Web: Pedro Marques; Fotografia: Sérgio Santos; Figurinos: Elisabete Figueira, Pedro Marques; Interpretação: Anabela Faustino, Filipa Duarte, João Rafael, José Redondo, Mário Trigo, Nuno Pinheiro, Paulo Cintrão, Rute Lizardo, Samuel Saraiva; Figuração/Teatro Reticências: Ana Rita Neves, Ana Trindade, Bárbara Carlos, Carolina Salles, Catarina Salgueiro, Catarina Trindade, David Severino, Inês Amaro, Marco Silvestre, Nidia Roque, Pedro Manaças; Músicos: Alexandre Leitão, António Neves, Jorge Domingues, Miguel Costa; Vozes Off: Adele Sidaru, Elisabete Figueira, Jorge Telles de Menezes, Inês Figueira, Natasha Quaresma, Paulo Borges, Ricardo Ventura, Rui Lopo, Rui Mário, Vanessa Muscolino; Costureiras: Odília Queiroz, Rebeca Monteiro; Luminotécnia: Fábio Ventura, Gonçalo Africano; Apoio à Montagem: Emanuel Ventura, Marco Silvestre, Pedro Manaças; Direcção de Cena: Sónia Tobias; Frente de Sala: Filipa Tobias, Tânia Tobias; Produção Executiva: Catia Martin; Direcção de Produção: Marco Martin
 
Apoios:
 
Câmara Municipal de Sintra; Adega Viúva Gomes; Associação Agostinho da Silva; APS Media; Fc&F – Publicidade em Comboios; Jornal de Sintra; Guia da Cidade; Luzeiro; Movimento Internacional Lusófono; Nova Águia; Teatro Reticências; Utopia Teatro; Valdevinos Teatro de Marionetas
 
Bilhetes: € 16 || à venda na Quinta da Regaleira e nos locais habituais, Lojas Fnac, Bliss, Lojas Viagens ABREU, Livraria Bulhosa Oeiras Parque
www.ticketline.pt || www.plateia.pt
Reservas: 219 106 650 (informações) || 707 234 234 || geral@tapafuros.com
 
www.tapafuros.com
tapafuros.blogspot.com

reticências preenchidas por teatroreticencias às 04:14
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 4 de Agosto de 2007

Folia! - Mistério de Uma Noite de Pentecostes

a Fundação Cultursintra

apresenta:

 

Folia!

Mistério de uma noite de Pentecostes

 

Texto: Paulo Borges

Encenação: Rui Mário

Pelo Teatro TapaFuros

 

A Fundação Cultursintra, apresenta Folia! Mistério de Uma Noite de Pentecostes, pelo Teatro TapaFuros. Apresentar-se-à como um espectáculo transdisciplinar de carácter volante, em que teremos música ao vivo – sob a direcção musical de Pedro Hilário, contaremos com coreografia de Mercedes Prieto, com design de figurinos de Pedro Marques, cenografia/adereços e vídeo de Rui Zilhão com um elenco de oito actores acompanhados por quatro músicos. O público está convocado para operar o discorrer e acção do próprio espectáculo, participando como personagem activo!

 

Quinta da Regaleira - Sintra

de 5 de Julho a 16 de Setembro

5ª a Sáb.: 22h || Dom.: 20h

 

 

«A noite abre-se em luz. Nocturno cantado em voz de árvore, de atento mocho. Vozes muitas que anseiam paz. Vozes do mundo, no mundo... Folia nos ilumina, folia nos inflama! Flama de cor a romper solidão, a romper surdos gritos. Dos caminhos da Terra surgem homens e mulheres que sentiram uma voz que chama, em chama. Arde-lhes no peito. É o tempo? Os portões abrem-se, a mansão tem muitas portas, luz habita os salões e ri do serão... Esta a luz que vestirão. Homens e mulheres da Terra, convidados para a festa da Luz, convidados em mistério.» Rui Mário

 

 

 

«Folia ! propõe a recriação em termos contemporâneos da experiência da iniciação e da festa comunitária, associada a uma viagem pelo imaginário mítico, histórico e cultural português. (...) Folia ! – que se assume como corolário, mas não conclusão, das Comemorações do Centenário do Nascimento de Agostinho da Silva – propõe que as noites de verão na Quinta da Regaleira se tornem ainda mais feéricas e que possamos trazer esse espírito para as nossas vidas, celebrando-as como a quinta-essência deste Mistério de uma Noite de Pentecostes. » Paulo Borges

 

espectáculo ao ar livre de caracter volante

aconselha-se agasalho e calçado confortável

espectáculo aconselhado para maiores de 12 anos

 

 

Texto: Paulo Borges; Encenação/Direcção Artística: Rui Mário; Dramaturgia: Paulo Borges, Teatro TapaFuros; Direcção Musical/ Arranjos: Pedro Hilário; Direcção de Actores: Samuel Saraiva; Interpretação: Carla Dias, Filipe de Araújo, João Vicente, Mário Trigo, Paulo Cintrão, Rute Lizardo, Samuel Saraiva, Vera Fontes; Músicos: Alexandre Leitão, António Neves, Jorge Domingues, Miguel Costa; Cenografia/Adereços/Video: Rui Zilhão; Coreografia: Mercedes Prieto; Desenho de Luz: José Miguel Antunes, Mário Trigo; Vozes Off: Elisabete Figueira, Jorge Telles de Menezes, Inês Figueira, Natasha Quaresma, Paulo Borges, Ricardo Ventura, Rui Lopo; Design / Web: Pedro Marques; Fotografia: Sérgio Santos; Figurinos: Elisabete Figueira, Pedro Marques; Costureiras: Ana Tobias, Doroteia Tobias; Luminotécnia: Fábio Ventura, Facas Valente, João Rafael, Laura Scheidecker; Apoio à Montagem: Emanuel Ventura, Gonçalo Africano; Direcção de Cena: Rui Mário, Sónia Tobias; Frente de Sala: Ana Rita Neves, Catarina Trindade, Catarina Salgueiro, Tânia Tobias; Produção Executiva: Sónia Tobias; Direcção de Produção: Marco Martin

 

Bilhetes: € 16 || à venda no local, Lojas Fnac, Bliss, Lojas Viagens ABREU, Livraria Bulhosa Oeiras Parque

www.ticketline.pt || www.plateia.pt

Reservas: 219 106 650 (informações) || 707 234 234

 

 

Apoios:

 

Câmara Municipal de Sintra; Associação Agostinho da Silva; Câmara dos Ofícios; Fc&F – Publicidade em Comboios; Jornal de Sintra; Cidade Viva; Magazine Artes; Guia da Cidade; Escola Superior de Teatro e Cinema; Teatro de Marionetas Os Valdevinos; Utopia Teatro

 

Encontra-se em funcionamento o Restaurante da Quinta da Regaleira – reservas 964 612 154, onde poderá comodamente jantar antes do início  do espectáculo.

 

www.tapafuros.com

http://www.tapafuros.blogspot.com/


reticências preenchidas por teatroreticencias às 18:17
link do post | comentar | favorito
|

...

procurar nos Retis

 

Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
25
26

27
28
29
30
31


recentes

«Recordemos esta Folia...

Para Todo-mundo, ninguém

Folia - Tu És Isso

Folia! - Mistério de Uma ...

na caixinha

Dezembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Agosto 2007

Junho 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

palavrinhas

todas as tags

Música

blogs SAPO

subscrever feeds